segunda-feira, janeiro 31, 2011

Desejo e Amizade

Qual o limite entre a amizade e o amor carnal? Como separá-los? É possível a coexistência deles?

Atualmente estas questões perturbam minha mente. Tenho sofrido por um amor não correspondido, enquanto o outro me considera seu melhor amigo, e só. Como posso administrar isso? Ainda não descobri, mas tenho uma dor enorme que não consigo controlar.

Nossa história começou há alguns anos, quando ficamos pela primeira vez. Foi tudo uma brincadeira, por isso nunca pense que as coisas são simples. Por conta desse simples joguete, hoje sofro imensuravelmente. Após alguns dias juntos, ele resolveu acabar o que tínhamos sob a justificativa de que não estava pronto para um relacionamento. O que poderia fazer? Aceitei, mas cometi um erro: mantive as esperanças de que não seria só amizade e um dia seriamos novamente um casal.

Mantivemos a troca de carinho e até beijos aconteceram após o fim. Não soube distinguir o tipo de relacionamento que tínhamos e sempre confiei que um dia seriamos namorados. Há alguns dias fui provado do oposto. Ele conheceu outro, como já havia ocorrido outras vezes, e se interessou por ele, como já também ocorrera, mas de maneira mais rara. Sofri, porque percebi que o problema não é a ausência de desejo de relacionamento, e sim a ausência do mesmo amor que sinto por ele. Desejo ele facilmente sente por outras pessoas. Desejo por mim, ele não sentiu desde que nossa amizade evoluiu para um companheirismo fraterno. Ele está disponível para outras pessoas, porém não para mim.

O problema serei eu? Talvez. Talvez o rumo de nossa amizade tenha atrapalhado o desejo. Talvez eu não seja aquilo que ele deseja. Talvez eu tenha agido de maneira errada. Será? Serei eu o problema? Certamente não sei e nem saberei o que teria ocorrido se eu fosse diferente, mas hoje sofro por não ter o amor que tanto almejei.

E a amizade? Como posso mantê-la se o que tanto desejo é ser amado? Como posso destruir o amor carnal e conservá-la? Estou tentando descobrir. Só sei que não o quero longe de mim, seja porque o desejo ou porque o amo como amigo. O que não posso é continuar acreditando que um dia poderei fazê-lo feliz como namorado, pois disso ninguém poderá ter certeza. A vida é cheia de surpresas, mudanças e nuances, e ninguém sabe o que nos reserva. Preciso aprender a deixar as coisas fluírem. Não posso forçá-lo a me amar e não devo esperar que isso ocorra. Minha felicidade não pode limitar-se ao amor dele. Talvez realmente não haja escolha. Talvez se ele pudesse escolher, eu seria o escolhido. Tenho certeza de que sou amado, mas não o sou como quero. Aceito o amor que tenho ou o rejeito pela paixão que cativo? Estou tentando descobrir e sofrendo para tentar ser feliz e fazê-lo feliz.



Ps.: Ao comentar, deixem o email e enviarei um aviso sobre novos posts.

12 comentários:

Tábata Borges disse...

Poxa, que situação em ?
Eu acho que nada tem haver com você, simplesmente nunca houve um interesse forte da parte dele, e só piorou, quando ele percebeu que vocês tinham um "relacionamento aberto". Ou seja: ficavam apenas por mero prazer, quando dava vontade. Ele jamais saberia de seus devaneios.
Desencane, abra o jogo pra ele, e se for preciso, se afaste por um tempo. Quando você conseguir esquece-lo, poderão ter uma relação saudável de amizade.

Boa sorte querido! :*

Sr. X disse...

Olá!
O primeiro de tudo, quero pedir desculpas pelos erros que possa cometer porque eu não falo português muito bem, sou espanhol, assim que...

Tenho lido o teu blog ultimamente. Gosto imenso dele.

Acho que sim, que podes ser colega de alguém e desejá-lo carnalmente, mas sempre vas quer mais. Ele não será para ti só um colega, será o teu colega. Se ele está a fazer coisas com outros homens, estarás ciumento. Ao fim, não poderás seguir a fazer isso, adoecerás muito.
Se tu sabes que ele não esta namorado de ti, deves deixar de fazer ilusãos. Mas eu não sou ti, portanto eres tu o que deve decidir o qué fazer.
Repito, gostei imenso do teu blog. Desejaria que escreveras mais freqüentemente.

O meu e-mail é: ilustre.sr.x (@) hotmail.com

O meu blog é http://vidayopinionesdelsrx.blogspot.com
Se queres leê-lo...
Ânimo, tu podes!

Sexy X disse...

nossa estou adorando seu blog!!! e se puder ver o meu eu agradeço: http://aspreliminares.blogspot.com , falo dos mesmos asssuntos, bj continue escrevendo

L. disse...

Eu tbm estou passando por uma situaçao assim, mas o meu caso é pior: eu nao sei se ele é hetero ou homo. As vezes ele da umas indiretas, outras se afasta e sempre que eu vou conversar com ele, vem com um papo homofóbico. Eu estou muito confuso e nao sei qual é a dele. Eu o amo muito, e pra mim nunca fica claro se ele me ama ou me odeia. Conheci ele a pouco tempo e nos tornamos amigos, mas ontem ele descobriu que eu amo ele e as indiretas acabaram, assim como as conversas, o contato, a amizade. Tudo

Anônimo disse...

Oi gosto muito, muito mesmo do seu Blog estou esperando novas postagens se vc pode passa para olhar meu blog é http://segredosjovemg.blogspot.com/
Valeu...

Meus botões de não curti (sim isso deveria existir) disse...

Não, embora o nome seja meus botões de não curti, eu curti, sim muito seu blog.
Achei-o interessante por falar de um jeito menos estereotipado sobre as coisas que um adolescente gay vive.
Seu modo de escrever me dá colapsos nervosos oque me faz as vezes me sentir tão bem por saber que alguém passa pelo mesmo que eu passo....que até chego a pensar na possibilidade de o mundo no final ter alguma solução lógica.
Talvez você me tenha ajudado a descobrir isso, e desta forma eu persebi que por mais que nossas dores não possam ser curadas por um desabafo, nossos desabafos podem consolar aqueles que sofrem ou passam pelo mesmo.
Obrigado por existir.

Anônimo disse...

Amigo estou na msm situaçao q vc
heronscifferlycan@hotmail.com

jean luck disse...

minha situação e parecida achei o site do seu blog e cliquei.realmente e difícil entender as pessoas.vc ama alguém quer nada serio mas mesmo assim vc ainda gosta. e muito reconfortante saber que não sou so eu que passo por isso mas outras pessoas também. vc poderia escrever algumas pequenas historias do seus ouvintes.seria legal

Anônimo disse...

Estou na mesma situação acho que isso é mal de quem ama.
As vezes eu e meu amigo ficamos mas quando vejo, la esta ele com uma garota, sinto um enorme amor por ele mas não sei se ele sente o mesmo por min.
PS: Boa sorte com seu amor, se surgir novidades nos conte!

Anônimo disse...

Entao estou passando pela mesma situação, e nao sei como lhe dar, eu gosto muito dele, e ele ate tem uma namorada, agente ja ficou e tals...
Mais ele mesmo nao diz se e gay..
Eu estou vendo que a situação esta ficando bem dificil pro meu lado pois estou me apaixonando e nao consigo me controlar!
Amanha mesmo irei dormir na casa dele, e sei muito bem que ira rolar algo.. mais ele diz q ama sua namorada.. to perdido nao sei realmente oque fazer

Charlie Escritors disse...

Leiam o meu tb : http://historiasdeumserqualquer.blogspot.com.br/

Obr :D

Anônimo disse...

Ola eu tbm estou confuso
Eu conheço uma menino a anos e desde então sou afim dele
Sempre que bebíamos ele era doce comigo carinhoso sempre era mais quando estava meio que com o efeito da bebida na copa em uma comemoração ele chapado e eu tbm não sei que assunto que rolou ele disse que me amava como amigo me deu uns beijos no rosto tipo unas três vezes ele fez isso sim eu adorei mais no outro dia eu vi ele online não puxei papo fikei com vergonha do nada e me chamou no face e tais conversando ele perguntou se eu tava sozinho em casa fikem com medo vergonha não sei falei q sim mais que esta de saída haha obs:ele gosta de mulher ate então ..
Sempre que bebia junto eu pegava ele olhando pra mim e ele me pegava olhando pra ele e a um mês atrás eu abri o jogo a ele falando que ele era a única pessoa que gosto que não vou chegar pra não perder amizade so q eu tava meio chapado não lembro da reação dele
Quando chamo ele de gatinhu no whats ele fica meu estranho mais já perg se ele liga se ele quisesse eu parava de chamar ele disse não ta tranquilo ai agora não sei oque faço
Obg desculpe pelos erros ....
Bom dia curti muito seu blog