segunda-feira, outubro 15, 2007


O Encontro


Liguei algumas vezes para o celular dele, pois estava demorando. Demorou cerca de duas horas para chegar desde o horário em que nos falamos. Era a tarde. Quando a campainha tocou, fiquei nervoso – foi difícil receber um estranho numa casa que não era minha sem saber qual reação ele teria. Da porta até o portão da garagem, várias coisas passaram na minha cabeça. Quando abri, encontrei um “cara” bonito, cara de safado, olhos claros. Disse “Oi” e pedi que ele entrasse. Quando entramos na sala que fechei a porta, não trocamos uma palavra. Apenas cheguei perto dele, desci minha mão até sua bunda e beijei-lhe com voracidade. Antes disso ele estava sério, como que com vergonha, ou medo, depois relaxou o corpo e entregou-se e mim. De beijo, tiramos a roupa na sala mesmo e, de lá, fomos até a cama. Restrinjo-me a relatar isso, pois o objetivo do blog não é transmitir contos eróticos. Depois, caso haja algum pedido, posso publicar uma versão erótica em alguma comunidade de contos ou coisa do tipo. Bom, gostei de ter ficado com ele. Trocamos poucas palavras durante e depois do ato, mas sei que ele também gostou, afinal não teria se entregado se não tivesse gostado. Tomamos banho separados, o que era de se esperar graças a impessoalidade desse encontros, ele vestiu-se, despedi-me com um beijo e foi embora. Depois desse dia passei algum tempo sem ficar com ninguém, pois estava com pouco tempo. Até que estava voltando da aula a pé conversando com um amigo e “dou de cara” com o “cara” a quem passarei a chamar de Rodrigo. Ele estava com outro cara conversando. Passei sem falar e nem olhar, ele não me viu ou não me reconheceu. Continuei andando e parei mais a frente com meu amigo que iria entrar em casa. Vi, então que o Rodrigo estava vindo na minha direção então continuei o caminho sem olhar para trás. Fiquei pensando alguns dias nele, mas não queria ligar, pois raras vezes me sentia a vontade de fazer isso com alguém que conhecia na internet. Esperei ele entrar em contato ou nos encontrarmos no msn, mas não aconteceu. Cerca de um mês depois, entrei no msn e ele estava online, puxei assunto perguntando se ele não havia gostado da vez em que ficamos, ele disse que adorou e estava louco para ficar comigo de novo, só que tinha receio de me ligar e não estava podendo entrar muito na net. Logo me alegrei, pois vi que poderíamos dar continuidade e quem sabe acontecer algo mais do que somente sexo. Fiquei de ligar para ele assim que ficasse sozinho novamente. Então apareceu uma oportunidade na minha casa... Liguei para ele e ele disse que poderia...... [Continua]


Gostaria de agradecer, em especial, ao comentário feito no segundo post por alguém anônimo que escreveu algumas linhas contando sobre si. Espero, sinceramente, que você volte mais vezes ao meu blog e vejo que, apesar de não conhecê-lo, estamos no mesmo barco, todo nós (aqueles que já cansaram desse hedonismo sem fim) estamos. Não sei se a pergunta que você colocou é direta para mim (“Quem você seria se pudesse mudar algo em você?”), mas, de qualquer forma, irei respondê-la, eu creio que não mudaria nada em mim, porém mudaria sim muitas das coisas que fiz. Confesso que me arrependo de muitas, seria isso fraqueza? Penso que não. Somente vejo que poderia ter feito melhor, mas só enxergo isso porque cheguei a fazer o errado e nunca teria mudado meu presente se não houvesse errado anteriormente. Os erros foram indispensáveis, hoje eles reduziram-se e estou muito mais maduro e cauteloso, espero que ainda a tempo.

Bom, pessoal, tentarei atualizar o blog com mais freqüência. Muita coisa tem acontecido e o tempo está cada vez mais curto. Prometo que vou tentar. Obrigado pelos comentários e aguardo mais, rs. Prometo que visitarei, assim que der, os blogs indicados e espero tornarmos parceiros... Interessados mandem e-mail para adolescentegay@gmail.com... =D

Abraços.



14 comentários:

Raphinha disse...

Cara que coragem.
Não me sinto a vontade de ficar com alguém que conheci na internet mas vejo que foi bom pra vc e pra ele.

Espero que dê certo de vc encontra-lo de novo.

Grande abraço.

Gabii Brito disse...

Olá, achei seu blog por acaso e entrei pra ver! Muito interessante seus posts.
Nao sou gay, mas sei dar valor a vocês que não tem medo da verdade e de mostrar quem realmente são! O blog muitas vezes é um refugio que encontramos pra dividir com alguem aquilo q poucos compreendem!
Vou esperar a continuação do post!

beijos

Anônimo disse...

Bom, tbm achei por acaso seu blog e entrei pra conferir. Adorei seus posts. O que eu tenho a falar é que eu me vejo na sua situação, ou pelo menos ja me vi. Assim como milhares de adolescentes sem entender muito esse nosso mundo girado. -_- E como vc disse, a maioria acaba do jeito errado de ser, ou ao menos o que eu e vc achamos errado. =/

Saiba que a vida é generosa. Arranjei alguem maravilhoso, quase da minha idade. E até então, dois anos juntos, as coisas vão indo muito bem. Tudo tem seu tempo, acredite!

um adolescente de 17 anos pode ser feliz. Mas claro, paciência, heim? :3

Abysinto disse...

Espero que possa continuar postando,gostei muito da maneira sincera que escrevee te agaranto mais,sendo gay ou não,a adolecência costuma ser um período que se reflete pela a vida afora.

Hum,tomei a liberdade de colocar um link do seu blog no meu,caso ñ queria é só me avisar.

[]'s,
Abby.

Hellenna disse...

ahazando no blog, tudo tao perfeito cada detalha faz a gtn ate a viver o momento! =]

Ion disse...

achei o blog totalmente por acaso, li algumas coisas e achei interessante. a nivel de curiosidade, qtos anos vc tem?

Fabio disse...

Direto, sucinto e sincero!

Adorei o que li, apesar de não ser do meu feitio fazer isso (mas tem vezes que dá vontade :D).

Gostei do blog, vou voltar mais ;)

The Secret disse...

Gostei do Blog
Abraços

Anônimo disse...

Putz... Achei por acaso o blog e vejo que tem mais gente na mesma situação que eu...
Tambem sou adolescente e gay eh claro...
Adorei o blog
Flws
T+

jonatha disse...

tenho 18 anos e tbm sou gay..
adorei seu blog..
vou te colocar entre meus favoritos posso???

ahh e coragem hein..
vc teve coragem de fazer o que fez..

Garoto do Interior disse...

Olá, gostei muito dos seus posts. Gostei também da maneira que escreve.
Faz tempo que não escreve, e não sei se o continuará fazendo. No fundo espero que sim, me identifiquei com seu blog, com o que pensa. Também sou jovem, e gay, e poucos tem a coragem de escrever sobre sua vida, de uma maneira séria, sem ser pornográfica.

Abraços

Anônimo disse...

CARA EU SOU BISSEXUAL TENHO 15 ANOS NÃO SEI COMO CHEGAR ATE ELES E CONTAR EU TOU APAIXONADO POR UM CARA DA NET AMO ELE O KI DEVO FAZER PRA REVELAR PRO MEUS PAIS

Anônimo disse...

eu fiquei muito feliz! Abraços

Anônimo disse...

Cara eu tenho vontade dai dps q fasso eu me pergunto pq eu fiz isso..
Mais na hr é mt bom